“Há um tempo em que é preciso
abandonar as roupas usadas
Que já tem a forma do nosso corpo
E esquecer os nossos caminhos que
nos levam sempre aos mesmos lugares
É o tempo da travessia
E se não ousarmos fazê-la
Teremos ficado para sempre
À margem de nós mesmos”
Fernando Teixeira de Andrade

Leio e releio vezes sem fim este e tantos outros poetas que me inspiram
Nos momentos mais inseguros…
Nos segundos em que desisto e não acredito…
Nas incertezas que me incomodam…
Nos medos reais que sinto…

Mas o sabor do risco chama-me
A aventura faz parte de mim
Lutar pelos meus sonhos é uma certeza
Viajar é a minha sobrevivência, a minha mais interessante fonte de prazer
Tenho sede de Descobrir, cheirar e viver
Tenho força interna, externa que me invade e toma conta de mim
Tenho uma alegria que transborda e me afoga
Sou sôfrega de sensações novas
Quero desbravar o meu interior
Por à prova os meus anseios
Lutar comigo mesma e vencer

Serei cozinheira, médica, gestora, organizadora e Mãe

Meu capitão levar-nos-à por estes mares fora, será mecanico, professor e Pai

Nossos 4 filhos crescerão connosco e teremos tempo de os conhecer com a calma e tranquilidade que eles merecem

Viajaremos até que nos apeteça
O mundo receber-nos-à de braços abertos porque nós estamos de braços abertos à vida!

Quer queiramos quer não …
Estaremos sempre todos ao sabor do vento…

WindFamily

Família | Social | Partilha
Globalização | Sustentabilidade | Ecologia