Era alto e distante, e o seu ar mais velho despertou-me atencão.

Nao bajulava as minhas graças, nem tampouco cedia aos meus cortejos.

Diferente dos demais, destacou-se e foi suscitando em mim o interesse.

A ousadia de não me idulatrar mexeu comigo.

Moça nova, bonita, com o mundo em seu redor e não chamar atenção como estava, tão vaidosamente, habituada.

Este jogo de te conquistar era um autêntico desafio e eu mergulhava nesta melodia.

Aos poucos comecei a ser o teu poema e sem que desses por isso, a tua cor.

Devagar intoxiquei o teu corpo e sem te aperceberes hipnotizei a tua pele.

Feliz com o prémio fui mais longe na batalha e amarrei a tua alma na minha.

Nesta prisão onde vivemos reinam as grades fortes que protegem as nossas vidas.

Neste amor que encontrámos guardo com cadeados a nossa paixão.

Deitei fora a chave e viverei assim contigo e para ti até ao meu último suspiro.

Guiné 2020

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s