As pessoas loucas

As pessoas normais têm no máximo dois filhos As pessoas normais conseguem ter um dia normal sem grande azáfama As pessoas normais vão às compras e a comida chega para uma semana As pessoas normais vão jantar fora sem que o restaurante repare nelas Conseguem usar o mesmo carro Conseguem ir de férias para qualquer … Continue a ler As pessoas loucas

Sem olhar para trás

Vou descobrir Vou buscar o veleiro daqui a uma semana Vou buscar a minha outra vida Aquela que um dia eu sonhei A que idealizei e tentei encontrar forma Achando sempre loucura alcançar esse sonho Não parei Não deixei de acreditar que era possível E agora está a acontecer Uma mudança de vida e de … Continue a ler Sem olhar para trás

Memória viva

Passados todos estes anos, Ainda assim ... Apetecia-me agarrar no telefone para lhe contar Ouvir a sua voz Ver a sua cara Sentir o seu orgulho em mim Porque sei que ia ouvir maravilhada Cada pedaço desta aventura Sei que ia acompanhar cada segundo Passados todos estes anos, Ainda assim... Fico tantas vezes triste por … Continue a ler Memória viva

Último suspiro

Andamos adormecidos na vida Como ursos no inverno Hibernados na dor da calmaria Os ventos mudam A primavera passa E continuamos Atordoados no passar dos dias Sempre na mesma corda lisa e calma De quem não se arrisca De quem tudo teme e nada faz De quem tem medo da própria tentativa Sempre no mesmo … Continue a ler Último suspiro

Mulher abençoada

As manhãs são difíceis As noites às vezes deixam-me exausta A logística As coisas para pensar e organizar Deixam me louca Mas depois encho o meu peito de força Uso este músculo do coração E entendo porque vale tanto a pena Faço mais um dia de mãe e filho E vocês sentem-se tão especiais Eu … Continue a ler Mulher abençoada

Embriagada

Embriagada nesta melodia Adormeço embalada na noite Num sono acordado imagino Os cabelos escorridos ao vento A luz da manhã desperta Outras canções por desvendar A lua escondida espreita Mesmo sem voz para cantar Os raios de sol que me confortam Aquecem a minha alma de esperança Um novo dia que renasce Cheio de flores … Continue a ler Embriagada

Vou descobrir

Vou buscar o veleiro daqui a uma semana Vou buscar a minha outra vida Aquela que um dia eu sonhei A que idealizei e tentei encontrar forma Achando sempre loucura alcançar esse sonho Não parei Não deixei de acreditar que era possível E agora está a acontecer Uma mudança de vida e de forma de … Continue a ler Vou descobrir

Sou Noctívaga

Sou noctívaga Há anos que tenho insónias Acho que o corpo me manda escrever Ando embrulhada nesta dependência Uma luta interior que não tem fim Não sei se quero que tenha É aqui nas palavras que me encontro Aqui na escuridão entre pedaços de papéis soltos que me descubro Sou escrava Escrava de uma escrita … Continue a ler Sou Noctívaga

Aquilo que vivemos

Socia Aquilo que vivemos já ninguém nos tira Aquilo que nos divertimos ficará cravado na nossa história por muitos anos e contaremos sem nunca nos cansar Por mais voltas que dê no mundo Não encontro outra como tu Por mais países que visite Não encontro alguém que me queira tão bem Não te abandono, fico … Continue a ler Aquilo que vivemos

Por detrás da colina

Que viessem mais 100 e que isto nunca acabasse Que a vida continuasse e não houvesse um fim Que continuássemos a crescer como as árvores e os montes que resistem e acompanham gerações Que pudéssemos vir aqui novamente ver como estão os que deixámos, os que nos sucedem Mas juntos Juntos a vida tem mais … Continue a ler Por detrás da colina